Um blog de variedades: organização do lar, dicas de nutrição e saúde, textos autorais, resenhas, culinária saudável, viagens e receitas.

Panelas de cerâmica, vale a pena adquirir?

"Qualidade no cozimento dos alimentos, praticidade no manuseio e beleza que ajuda na decoração da cozinha."





Essa é uma das frases que encontramos quando pesquisamos para adquirir esse tipo de panela. 
Já faz algum tempo que tenho o desejo de adquirir uma frigideira revestida com cerâmica para preparar minha tapioca matinal/diária. Tinha lido de algumas pessoas que recomendavam a utilização, mas sempre achei muito cara.

Fiz uma pesquisa a respeito desse tipo de utensílio e agora, finalmente tomei coragem e adquiri um conjunto de 5 peças (3 panelas e 2 frigideiras) para dar de presente à minha filha, mas eu, de olho grande, fiquei com uma frigideira para mim. 

Algumas vantagens: conservam o calor, mantendo o alimento aquecido por mais tempo, é mais duradoura e de fácil higienização, mas não são recomendadas para preparar pratos ácidos, como vinagrete. Atualmente também são mais leves e mais resistentes que os modelos antigos e podem ser encontradas em diversos formatos, tamanhos e cores.

Mas, elas devem ser manipuladas com cuidado para não lascar. Além disso, não são totalmente antiaderentes como as de teflon, por exemplo. É importante ter colheres, conchas e escumadeiras que não agridam o  revestimento cerâmico: silicone, madeira, plástico. Funciona para quase qualquer tipo de alimento e preparo, mas o uso mais indicado é para cozidos e refogados.

Para adquirir panelas, há muitos materiais disponíveis e além da praticidade e conforto, precisamos também estar atentos aos problemas que alguns podem causar na nossa saúde. Mesmo que as panelas liberem apenas pequenas quantidades de substâncias tóxicas, precisamos levar em conta que isso ocorre em todas as refeições, durante anos seguidos, o que faz com  que pequenas quantidades, ao longo dos anos, se transformem em grandes quantidades acumuladas no organismo. "De grão em grão a galinha enche o papo." Para saber a respeito de cada material, veja aqui.

A panelas de cerâmica sofrem um tratamento térmico em fornos de alta temperatura. Em seguida recebem uma camada fina e contínua de um vidrado, também conhecido com esmalte, que é submetido a queima a 1300ºC, adquirindo uma aspecto vítreo. A vitrificação torna a panela com uma superfície mais homogênea, impermeável, sem porosidade, ou seja, a panela fica esteticamente mais bonita e com características que a tornam mais higiênica. 

Se quiser saber sobre os tipos de material e utilizações recomendadas para cada tipo de panela, dê uma olhada aqui.


Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O que achou do post? Deixe um comentário.

Aprenda a fazer brigadeiro gourmet

TRADUZA O TEXTO:

.

.
Economize R$ 50,00

Seguidores

Seguir por E-mail

INSTAGRAM

Postagens populares

Total de visualizações

.