. . . . Quer casar comigo? - Mania de Organizar e Viver Saudável

Quer casar comigo?


–  Quer casar comigo? –  disse ele sem hesitar.
– Acho que não! – respondeu ela – assim, tão rápido?
– Por que não? Já temos certeza do que queremos. 

agradecer a Deus por ele:
***

Essa foi uma parte do diálogo que tiveram no segundo dia de namoro, quando estavam numa pizzaria. Se fosse hoje, talvez ele fizesse um pedido um pouco diferente, quem sabe usando alguns recursos tecnológicos. Mas, isso aconteceu há mais de 27 anos atrás.
Ela tinha 25 anos e ele, 26. Já sabiam mesmo o que queriam? Sim, com certeza! A fé em Deus confirmara isso em seus corações e um pouco do que tinham vivido já ensinara ambos a escolherem melhor os passos a serem dados.
Ela tivera medo e desprezo por esse passo anos atrás, quando presenciava as brigas entre seu pai e sua mãe. Casar para quê - pensava ela anos antes – para viver num inferno? Até que aos 20 anos, conheceu pessoas que tinham um casamento baseado no amor e respeito. E claro, desejou ter aquilo também. Quem não quer ser feliz?
Tinham sido apresentados no ano de 1985, porém nunca pararam para conversar de verdade, somente cumprimentos à distância e nada mais. Mas a figura dela o agradava, lhe era simpática. Em primeiro de abril de 1989, finalmente seus olhares se cruzaram e ele a “enxergou” de verdade. Plano divino para a vida de uma garota que não acreditara no casamento, mas que naquele momento sonhava em viver um grande amor, ser querida e respeitada por alguém que a quisesse para a vida inteira, não somente por alguns instantes.
Mas, por que casar assim tão rápido? Por causa da profissão dele, não seria possível estarem juntos para se conhecerem de verdade presencialmente por mais nove meses até que ele voltasse de viagem, pois era marítimo e fazia longas viagens ao Japão naquela época. A forma de estarem juntos e se conhecerem melhor era mesmo casando e estando com ela em qualquer lugar do mundo sempre que fosse possível. Esse foi o principal motivo do pedido. Mas também porque não eram mais crianças e sabiam o que queriam.
Casaram-se dois meses e meio depois. Se foi chocante a decisão de casar assim, rápido? Claro que sim! As pessoas que viviam ao redor tiveram dois tipos de reação: algumas ficaram muito felizes e empolgadas com a ideia e outras ficaram chocadas e preocupadas. Teve gente que imaginou que ela estivesse grávida. Teve gente que achou que ela estivesse desesperada para casar, mas não estava, achava até que nunca fosse acontecer e estava meio conformada com essa ideia, afinal, fazia cinco anos que não namorava ninguém.
Casaram-se e foram namorar, descobrir as preferências um do outro, as atitudes em relação à vida, o jeito de ser frente às dificuldades, enfim, se conhecer de verdade. Há casais que namoram por anos e não ficam muito tempo casados.
Casaram-se e a casa tinha o quarto completo, fogão, geladeira e uma mesa na cozinha – o básico necessário para iniciar uma vida a dois, mas já tinham muito amor um pelo outro. Com o tempo, foram juntos adquirindo a mobília para os demais cômodos da casa e o legal nisso, é que já sabiam um pouquinho do que o outro gostava.
Casaram-se e estão juntos há mais de 27 anos. Apostaram na felicidade, sentiram-se no direito de serem amados, optaram por trilharem juntos a vida a dois, acreditando no amor e na cumplicidade. A maioria das decisões que tomaram ao longo desse tempo, foram em conjunto (exemplo: quanto a comprar algo para casa). Impossível andar juntos se não houver acordo, isso é bíblico.
Casaram-se e a paixão dos primeiros tempos foi transformada em amor. Construíram uma família pequena por escolha de ambos. É óbvio que enfrentaram muitos problemas durante essa jornada, mas completam-se e nos momentos mais difíceis se unem para dar a volta por cima.




Essa é minha história de vida junto ao meu marido. Com ele aprendi a amar de verdade e a me entregar de corpo e alma à nossa relação.

Minha gratidão é pela vida e pelas escolhas que fiz ao longo dela.
Gratidão também pelo amor que recebo e retribuo.




Este post participa da Blogagem Coletiva Semanal #52semanasdegratidão de Elaine Gaspareto, cujo objetivo é valorizar e compartilhar nossas pequenas e grandes alegrias... nossas vivências e aprendizados.





*** O casal Amar é… foi inventado por Kim Grove Casali. A criação veio com bilhetinhos amorosos que enviava para seu futuro esposo Roberto Casali na década de 60. A partir daí, as figuras ganharam fama no jornal Los Angeles Time. Até hoje, pode ser encontrado em bancas, editores e na internet.

41 comentários:

✿ chica disse...

Linda história de amor e de vida...Parabéns pelos 27 anos e que venham muiiiitos mais....beijos, tem mesmo que ser grata! chica

Tatiana Candido Vilela disse...

Amar e ser amado é sem dúvida uma das melhores razões para sermos gratos. Parabéns! Bjsss

Adriana alves disse...

Amar é tudo de bom.
Que vocês continuem juntos e felizes por mais tantos anos.
Parabéns!

Valéria Russo disse...

Quel, que post lindo, eu me ví em algumas fases dele e confesso que me emocionei, o amor quando é verdadeiro supera qualquer obstáculo, se solidifica com o tempo e cria laços indestrutíveis. Parabéns a vc e seu amado e que vosso amor se perpetue.
Bjuivos no coração.

Loba.

http://uivodaloba.blospot.com

Paula Mello disse...

Vim conhecer seu blog direto do painel da gratidão da Elaine! Parabéns pelo casamento, também estou com meu marido há 32 anos =)

beijossssss

Lucinha disse...

Quel,

Uma linda história de amor.
Que venham muitos anos mais de felicidade.
Abraços

Andreia Alves disse...

Oi Quel!
Que linda história de amor!
Me emocionei, pois o meu post é justo sobre encontrar o amor novamente!
O amor é tudo e que o Senhor abençoe cada vez mais a união de vocês!
Parabéns pelos 27 anos é uma dádiva!
Bjooo no coração...

https://devaneiosdocotidianoo.blogspot.com.br/

Neli Rodrigues disse...

Que história linda.
Me emocionei.
Vcs foram corajosos e o amor venceu.
Bjs

Roselia Bezerra disse...

Boa Tarde, querida Quel!
O importante é que deu certo... Deus os abençoe cada vez mais e mais!
Bjm, muito fraterno

Maria de Lourdes disse...

Olá Quel!
Acredito na capacidade do amor que une duas pessoas, também acredito que ninguém está no caminho do outro por acaso. São fatos assim que precisam ser narrados para que outros acreditem que o amor é vida e se é vida existe sim.
Parabenizo a vocês por acreditar.
E desejo de coração que essa relação dure até a eternidade.

Chris Ferreira disse...

Oi Quel, que história mais inda! Muito legal a motivação do casamento sair tão rápido. Legal casar e aí então ir namorar e se conhecer. E que maravilha que está dando certo há tanto tempo. Sinal de que realmente os dois sabiam o que queriam. Lindo.

Eu também estou na BC com o post Uma verdadeira festa
beijos
Chris

SÔNIA R.B. disse...

Oi Quel:
Bela história de amor!

Anabela Jardim disse...

Parabéns a vocês! Eu não tive essa sorte, mas adoro ouvir depoimentos com histórias de um amor verdadeiro. Bjs

Isabel Ramalho disse...

Olá Quel. Amei seu post cheinho de amor e gratidão.
Deus abençoe vocês cada dia mais.
Beijos

Elaine Gaspareto disse...

Quel, quanta coragem casar tão rápido!
E que delícia a coragem ser recompensada com uma vida juntos, né?
Realmente o tempo não é parâmetro para definir se vai ser duradouro ou não.
Aqui na minha rua mesmo teve um caso: eles namoraram por 13 anos, casaram, tiveram um bebê e já estão divorciados, menos de 1 ano e meio de casamento...
Parabéns pra você e para seu marido!!!
beijossss

Sarah Guimarães disse...

Quel, rezo para que Deus conserve meu casamento assim como é o seu: pautado no amor e respeito mútuo. Estou casada há 11 anos. Linda história!
Um beijo
www.acasadaritablog.blogspot.com.br

Maria Reciclona disse...

Quel. Que lindo conto de amor... Um roteiro que contraria aqueles já prontos e pré testados. Você, com coragem e confiança, construiu sua própria história baseada no respeito e amor. Que tenhamos a oportunidade de ler muitos outros capítulos desta história feliz. Um abraço.

Wérika Weryanne Souza disse...

Que linda história! Parabens pelos 27 anos juntos, que Deus vos abençoe com mto mais anos de bençãos e vitórias e renovando o amor a cada dia.
Ótima semana!

Ipsis Litteris disse...

Quel! Linda sua história! Deixo pra vocês um poema de Vinicius de Morais
Soneto do Amor Total

Amo-te tanto, meu amor... não cante
O humano coração com mais verdade...
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.

Amo-te afim, de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade.
Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.

Amo-te como um bicho, simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente.

E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude.

A Casa da Sherazade disse...

Quel, que delicia ter um bom companheiro ao lado!

Ter um relacionamento baseado em amor e respeito é sensacional!

Parabéns!

Quel disse...

Obrigada! Agradeço pela visita.

Quel disse...

É verdade, Tatiana! Agradeço pela visitinha.

Quel disse...

Amém, Adriana! Obrigada pela visita.

Quel disse...

Obrigada! Beijos Valéria.

Quel disse...

Obrigada, Paula! Estar juntos há 32 anos é uma vitória. Parabéns! Bjs.

Quel disse...

Obrigada, Lucinha. Agradeço pela visita.

Quel disse...

Obrigada pela visita, Andreia! Torcendo por você. Bjs.

Quel disse...

Obtigada, Neli. Agradeço pela visita. Bjs.

Quel disse...

Obrigada. Agradeço pela visita.

Quel disse...

Com certeza, nada é por acaso. "O amor é vida e se é vida existe sim" linda observação. Obrigada pela visita. Bjs.

Quel disse...

Obrigada, Chris! Bjs.

Quel disse...

Obrigada, Sonia. Bjs.

Quel disse...

Obrigada, Anabela.

Quel disse...

Amém, Isabel! Bjs.

Quel disse...

Obrigada, Elaine. Estou aprendendo muito com seus tutoriais. Bjs.

Quel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Quel disse...

Obrigada, Sarah. Amor e respeito são necessários senão o casal não suporta as pressões do dia a dia. Bjs.

Quel disse...

Obrigada, Maria! Agradeço pela visita.

Quel disse...

Amém! Wérika, agradeço pela visita. Bjs.

Quel disse...

Lindo poema! Muito obtigada!

Quel disse...

Verdade, Sherazade, ter alguém que nos ame é muito bom. Obrigada pela visita. Bjs.