agosto 06, 2016

Fome Oculta




Como já citei anteriormente no blog, Dieta são os hábitos alimentares de uma pessoa e esta não tem que estar focada no tratamento de nenhuma doença e nem só na redução de peso. A alimentação deve ser um ato voluntário que compreenda a escolha, a preparação e o consumo de alimentos. É necessário a ingestão de alimentos energéticos, alimentos reguladores e alimentos construtores.
Mas, como os hábitos alimentares das pessoas nem sempre são equilibrados, a falta de micronutrientes como vitamina A, ferro e iodo, também chamada de Fome Oculta (porque, apesar de causar danos sérios à saúde, não se trata de um problema visível), independe da condição social dos indivíduos. Por exemplo, pessoas que se alimentam somente de massas e frituras, correm o risco de se tornarem obesos desnutridos. A Fome Oculta afeta uma em cada quatro pessoas no mundo. No entanto, a ingestão balanceada de todos os grupos de alimentos evita determinadas patologias e faz o organismo funcionar corretamente.
Guia Alimentar da População Brasileira (que foi eleito o melhor do mundo pelo maior jornal eletrônico dos Estados Unidos - veja o guia aqui), é uma ferramenta que serve para definir diretrizes para orientação de escolhas alimentares saudáveis  no âmbito individual e coletivo. Tem por objetivo, combater a desnutrição e prevenir doenças.
De acordo com o Guia, as principais doenças que atualmente acometem os brasileiros deixaram de ser agudas e passaram a ser crônicas. Apesar da intensa redução da desnutrição em crianças, as deficiências de micronutrientes e a desnutrição crônica ainda são prevalentes em grupos vulneráveis da população, como em indígenas, quilombolas e crianças e mulheres que vivem em áreas vulneráveis. Simultaneamente, o Brasil vem enfrentando aumento expressivo do sobrepeso e da obesidade em todas as faixas etárias, e as doenças crônicas são a principal causa de morte entre adultos. O excesso de peso acomete um em cada dois adultos e uma em cada três crianças brasileiras.

A Pirâmide Alimentar, representava o Guia Alimentar do Brasil até recentemente, mostrando as porções de cada alimento. Demonstrava numa figura também, os grupos de alimentos necessários para uma boa alimentação. Veja os guias alimentares de outros países aqui.






DEZ PASSOS PARA UMA ALIMENTAÇÃO ADEQUADA E SAUDÁVEL

1.   Fazer de alimentos in natura ou minimamente processados a base da alimentação.
2.   Utilizar óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar e cozinhar alimentos e criar preparações culinárias.
3.   Limitar o consumo de alimentos processados.
4.   Evitar o consumo de alimentos ultraprocessados.
5.   Se alimentar com regularidade e atenção, em ambientes apropriados e, sempre que possível, com companhia.
6.   Fazer compras em locais que ofertem variedades de alimentos in natura ou minimamente processados.
7.   Desenvolver, exercitar e partilhar habilidades culinárias.
8.   Planejar o uso do tempo para dar à alimentação o espaço que ela merece.
9.   Dar preferência, quando fora de casa, a locais que servem refeições feitas na hora.
10.  Ser crítico quanto a informações, orientações e mensagens sobre  alimentação veiculadas em propagandas comerciais.



Esse blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em experiência de vida e um certo aprendizado básico na área como graduada em Educação Física e Técnica em Nutrição e Dietética. 
Para tirar dúvidas sobre alimentação ou dietas, procure um nutricionista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou do post? Deixe um comentário.