fevereiro 11, 2017

Aproveite o amor de pertinho



Durante a semana, encontrei o texto abaixo, rodando na internet, pelo Facebook e WhatsApp. Me emocionei ao ler e me identifiquei. Fala sobre os filhos e como de repente eles crescem e amadurecem.

“Aproveite o amor de pertinho... 
Um dia, assim, do nada, ele vai parar de chamar para dar o beijo e fechar a janela antes de dormir. Um dia assim... do nada. 
Ele vai trancar a porta do banheiro para tomar banho, vai estudar sozinho para prova, vai receber a ligação de um amigo. 
Vai ligar o micro-ondas e esquentar o próprio leite de manhã.
Um dia, ele vai fazer um bolo para você e a própria panqueca. E vai compreender, sem chorar ou reclamar, que não precisa de outra mochila para começar o ano escolar. Ele vai parar de deixar todos os brinquedos espalhados pela casa... porque não vai mais brincar tanto.
Um dia, sem avisar, ele vai crescer. E você vai se orgulhar de quem ele é agora. Da semente que plantou. Vai olhar e ver que tudo que fez compensou, valeu a pena. 
Mas até lá, aproveite o cansaço de ninar o seu bebê todos os dias, aproveite a falta de espaço na cama com seu filho no meio, aproveite enquanto cabe todo mundo na cama. A falta de tempo e energia para namorar. Aproveite a desobediência, aproveite o barulho, o cheiro, o andar tropeçando em brinquedos. 
Aproveite o trabalho, a preocupação, a tarefinha da escola, o bilhetinho de dia das mães. 
Aproveite o amor de pertinho, enquanto eles são crianças...
Um dia você vai lembrar que ele não te chamou para dar o beijo na hora de dormir, e vai lembrar que ele só gostava de dormir no colinho, ou na sua cama...
Seu coração vai apertar e você vai chorar... eu chorei... Mesmo adorando tudo que ele é agora, amando tudo que ele faz e a relação que temos hoje. Mas ele não cabe mais no colo, só no coração mesmo...”
Paula Jácome

O tempo passa muito rápido e quando percebemos, lá se foram os anos... eles já cresceram.
No ano passado, minha filha começou a fazer o curso de Psicologia numa faculdade que fica a mais de 600 km de distância daqui de casa. Cresceu e já está trilhando seu caminho. Mas, sinto muita falta dela, apesar de nos falarmos quase todos os dias.
Sempre, quando vejo mães com crianças pequenas, aconselho a fotografar muito, porque no futuro é muito legal sentar e relembrar os momentos que viveram juntos.
Tenho muitas fotos da minha filha e babo toda vez que as vejo. Tenho o Álbum do Bebê com informações de quando ela nasceu, a pulseirinha da maternidade, um cachinho de cabelo de quando era pequena.
Guardei todos os dentes de leite, inclusive os quatro dentes do siso ela me deu. Rsrs
Lembro que sempre antes de dormir, deitava ao meu lado em minha cama e me abraçava. Ela está com 20 anos e até pouco tempo atrás ainda fazia isso.
Sou fã incondicional de minha filha e sempre fomos muito amigas.
Sou grata pela única filha que tenho e brinco que é a minha predileta. Na verdade, Predilet, porque seu nome é Letícia e a chamamos de Let.
Sou grata pela oportunidade que tenho de ser mãe da Letícia, cujo significado do nome é “alegria”. Realmente, ela trouxe muita alegria ao nosso lar. Agora, traz alegrias de outra forma, ao se empenhar nos estudos para a carreira que escolheu.


Este post participa da Blogagem Coletiva Semanal #52semanasdegratidão de Elaine Gaspareto, cujo objetivo é valorizar e compartilhar nossas pequenas e grandes alegrias... nossas vivências e aprendizados.



12 comentários:

  1. Raquel:
    Que bom ver os filhos crescidos, mas antes poder aproveitar cada momentinho.
    Uma semana ótima.

    ResponderExcluir
  2. Os filhos são um presente de Deus para nós. E como não ser grata por tudo que vem pelas mãos Dele. Cada fase tem os seus encantos e o melhor nesse círculo familiar é viver intensamente o amor. Bom domingo!

    ResponderExcluir
  3. Muito Bacana, desde já está convidada a me visitar https://comantoniomorais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Quel. Sua Letícia carrega no nome a missão de ser feliz e trazer felicidade ao mundo. E é tão bom saber que, mais do que missão, a felicidade se transformou em um dom que ela vivencia ao seu lado, lhe trazendo lindas emoções e muito orgulho materno.
    Que você seja sempre muito feliz. Receba meu abraço.

    ResponderExcluir
  5. Olha Raquel....você me fez chorar, viu? Fiz uma retrospectiva e já viu,né? Minha única filha, que já está com 12 anos, já não é um bebê e isso me fez sentir uma pontada de saudade de tudo o que passei nesses anos ao lado dela. Como é bom relembrar e aproveitar cada segundo, pois realmente, o tempo passa e eles crescem, muito rápido e só vão caber aqui dentro do nosso coração.
    Belíssimo post!!!! Parabéns!!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Já tinha lido este texto no face e é real e emocionante.
    É sempre uma gratidão imensa o amor que damos e recebemos dos filhos.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi Quel, é muito importante aproveitar bem o tempo com os filhos porque realemnet passa muito rápido. As minhas estão crescendo, Uma já está indo para a faculdade e sinto exatamente isso que você colocou aqui.
    É para ser muito grata pela Letícia!

    Também estou na BC: De volta pro meu aconchego
    beijos
    Chris

    ResponderExcluir
  8. Que delícia de post... Minha filha mais velha faz 18 este ano. Aproveitamos muito a infância dela e dos dois meninos que vieram depois e amo cada fase das nossas vidas.

    Adorei conhecer seu blog, também estou na BC da Gratidão.

    Tanto a agradecer, né?


    beijossssss

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde, querida Raquel!
    Cheguei atrasada pois estou no ES e fiquei prisioneira da greve como todo povo daqui...
    Também tenho uma única filha e é a predileta... minha nora é a preferida também, rs...
    Só a gente que é mãe entende os detalhes tão lindos que vc partilhou conosco...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  10. Que lindo, justo e perfeito motivo para ser grata! Gratidão aos filhos. Gostei muito do seu texto Sonia. Ainda vivo com os pequenos embaixo da minha asa e fico imaginando como será quando crescerem...
    Beijo
    www.acasadaritablog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Vixe, é a Raquel... Escrevi Sonia! Desculpa!

    ResponderExcluir
  12. Agradeço a todos pelos comentários.

    ResponderExcluir

O que achou do post? Deixe um comentário.